Capital chinesa sedia Conferência Internacional da Tecnologia Espacial

0
136

Beijing reuniu nos últimos dias mais de 100 astronautas e especialistas em pesquisa espacial, medicina espacial e educação espacial. Eles vieram de diferentes partes da China, Estados Unidos, Rússia e França para participar da 2º Conferência Internacional da Aplicação Pacífica da Tecnologia Espacial em na capital chinesa.

No evento, os especialistas chineses e estrangeiros abordaram os aspectos que precisam ser priorizados no espaço. Entre eles, absorver a participação de todos os países do mundo e concentrar nas elites mundiais no espaço grupos empresariais para discutir o espaço, sempre para uso pacífico, bem como incluir o tratamento de doenças, alimentos espaciais, educação médica e outros campos.

Além disso, as conferências do setor devem incluir mais que intercâmbios acadêmicos. Ou seja, devem abranger toda a cooperação internacional. Segundo os participantes, é necessário criar uma conferência internacional com um local fixo, um mecanismo de ligação e organização regular. Através dessas vantagens comparativas, a Conferência Espacial da China poderá se tornar gradualmente uma “Davos” da saúde internacional com influência em todos os continentes.

Tradução: Cecília Ma

Revisão: Rafael Fontana