Comentário: China refuta pretextos norte-americanos para desencadear a guerra comercial