Comentário: Cúpula de Beijing injeta forças motrizes ao desenvolvimento da África

0
5

A Cúpula de Beijing do Fórum de Cooperação China-África 2018 terminou com pleno sucesso. Os participantes africanos acreditam que a China é um parceiro confiável e as novas medidas lançadas pelo presidente Xi Jinping influenciarão profundamente a paz, estabilidade e desenvolvimento sustentável do continente africano.

O líder chinês anunciou que a China e a África vão fortalecer cooperações em oito áreas: desenvolvimento industrial, interconexão de instalações, facilitação de comércio, desenvolvimento sustentável, capacitação, saúde, intercâmbios humanos e paz e segurança. Estas “oito ações” vão injetar forças motrizes ao desenvolvimento da África em três aspectos.

Primeiro, elas correspondem às necessidades da África e favorecem a realização dos objetivos de desenvolvimento do continente, definidos pela Agenda de 2063 para a África, elaborada em 2015 na Cúpula da União Africana.

Segundo, essas medidas podem aumentar a confiança dos povos africanos no futuro. O Fórum de Cooperação China-África foi criado no ano 2000. Nos últimos 18 anos, a China levou à África não só capitais e tecnologias, mas também experiências de desenvolvimento.

Terceiro, a decisão pode fazer com que o mundo reconheça mais a África, gerando cooperações entre a comunidade internacional e o continente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here