Comentário: mercado chinês, a oportunidade que ninguém quer perder

0
2

Faltam 100 dias para a abertura da primeira Feira Internacional de Importações da China que será realizada em Shanghai. Até agora, mais de 2800 empresas provenientes de 130 países e regiões do mundo já se registraram para a exposição e prevê-se que terá mais de 150 mil compradores que vão participar do evento. Além disso, mais de 30 empresas estrangeiras já pediram para participar da feira de 2019.

Não é nada surpreendente que a feira organizada pelo governo chinês tenha uma atração tão grande, porque um mercado de 1,4 bilhão de pessoas é uma oportunidade que ninguém quer perder. Aliás, a procura de alta qualidade de vida e de desenvolvimento econômico pelos chineses é a nova força motriz para o crescimento do mercado de consumo do mundo.

Atualmente, a China tem um grupo de renda média de cerca de 400 milhões de pessoas, sendo o maior do mundo. Nos últimos anos, a carne bovina da Austrália, as cerejas do Chile, o leite da Alemanha e outros produtos de boa qualidade de todo o mundo entraram sucessivamente no mercado chinês.

Além da grande capacidade de compra, a China está melhorando também seu ambiente comercial.

O presidente chinês, Xi Jinping, revelou no ano passado no Fórum de Davos que, entre 2017 e 2021, a China vai importar US$8 trilhões de mercadorias e atrair US$600 bilhões de investimentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here