Comentário: onde reside a competitividade dos chineses?