População será consultada sobre aplicativo para praias, diz Crivella

Praia de Copacabana receberia piloto do projeto Foto: Getty Images

 

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, afirmou na última quarta-feira (12) que a população do Rio de Janeiro será ouvida sobre aplicativo para marcação de espaços na areia da orla carioca. De acordo com o chefe do poder executivo municipal, adesão dos moradores da cidade é essencial para projeto.

Para o gestor, não há motivos para a criação do aplicativo caso a população carioca não seja a favor. O prefeito ainda destacou que o uso da ferramenta beneficiaria, em especial, deficientes físicos e idosos.

“Tem pessoas que precisam de um aplicativo porque são idosos, portadores de deficiência. Essas poderiam, então, fazer uma reserva com aplicativo. Agora isso tudo está em estudo até porque é preciso consultar a população para saber se eles aprovam. Senão a gente faz o planejamento e dá tudo errado.”

A ideia da Prefeitura do Rio de Janeiro é demarcar espaços na areia das praias com fitas, semelhantes as utilizadas em quadras de vôlei de praia. O projeto piloto seria estabelecido na praia de Copacabana, zona sul, e teriam 30% dos quadrantes destinados ao aplicativo, enquanto os outros 70% ocupados por ordem de chegada.

“A ideia agora, nesse momento, é que a gente pudesse voltar à praia, mas sem aglomeração. E aglomeração sem máscaras. Isso só é possível se fizermos como outros países fizeram também demarcando o solo”, concluiu Crivella.

 

Fonte: r7.com

0 Comentários