​CMG procura inovação ao cobrir “duas sessões”