Apesar de crise, Legislativo e Judiciário estaduais têm R$ 7 bi de sobra