Brasil cresce 0,4% no 1º tri, dentro do esperado, mas greve ameaça atividade à frente