Comentário: Alto funcionário da Casa Branca está confundindo os EUA