Comentário: Artigo de New York Times não passa de especulação