Comentário: China comemora centenário do Movimento Quatro de Maio

Pela ocasião do Dia da Juventude Chinesa, a ser celebrada em 4 de maio, o país realizou nesta terça-feira (30) em Beijing uma reunião comemorativa do centenário do Movimento Quatro de Maio. O presidente da China, Xi Jinping, proferiu um discurso no evento, encorajando os jovens contemporâneos a amarem a pátria e a lutar pela concretização da revitalização da nação chinesa. Ele também conclamou pelos esforços dos jovens na implementação da iniciativa do Cinturão e Rota e na construção da comunidade de destino comum da humanidade.

No dia 4 de maio de 1919, diante da cedência e fracasso diplomático do governo Beiyang na Conferência de Versalhes em Paris, um grupo de jovens intelectuais vanguardistas da China iniciou um movimento revolucionário e patriótico, que se espalhou por todo o país, visando salvar a nação no momento de perigo. Este movimento impulsionou a propagação do marxismo na China.

Segundo o presidente Xi Jinping, o Movimento Quatro de Maio iniciou não apenas uma grande revolução social, mas também uma iluminação que difundiu novos pensamentos, culturas e conhecimentos. As práticas comprovaram que os jovens chineses têm ideais e ambições sublimes, além de muita criatividade, sendo sempre a força pioneira para a concretização da revitalização da nação chinesa.

Entrando na nova era, é necessário continuar persistindo no espírito de “Quatro de Maio” que tem como núcleo o patriotismo. Este é o dever e a responsabilidade de cada chinês. Para os jovens, o patriotismo é fundamental para serem pessoas independentes e talentosas. Na China contemporânea, a essência do patriotismo é insistir na liderança do Partido Comunista da China e se esforçar pela construção da modernização do socialismo.

Neste ano, a China celebrará o centenário do Movimento Quatro de Maio e o 70º aniversário da fundação da República Popular da China. Através das quatro décadas da reforma e abertura, a China é atualmente a segunda maior economia do mundo. No progresso da concretização da revitalização da nação, os jovens chineses da nova era devem ser lutadores, empreendedores e contribuintes, disse Xi Jinping. Ele apelou aos jovens para terem espírito de luta árdua ao realizar cada trabalho e assumir suas responsabilidades.

Xi Jinping sempre prestou muita atenção ao desenvolvimento dos jovens e está disposto a fazer amizades com eles. O líder chinês mencionou por várias vezes que os jovens decidem o futuro do país. No segundo Fórum do Cinturão e Rota para a Cooperação Internacional, que acabou de ser encerrado em Beijing, foi alcançado um total de 283 projetos de resultados práticos. Entre os 26 projetos de cooperação promovidos pelo governo chinês, cinco estão relacionados com os jovens.

0 Comentários