Comentário: China e Europa ampliam consensos na busca de benefício mútuo