Comentário: seguindo um comportamento petulante, EUA jamais terá credibilidade