Correspondente da Lusa aproveita “duas sessões” da China para observar seu desenvolvimento